8 de jul de 2011

Cuidado com a língua - Criaturas do nosso folclore - II

Cuidado com a língua

Por Tânia Souza


Ele é gigantesco, tem o corpo coberto de pelos grandes e alongados. Quase um gorila.

Quase.

Dele não se sabe muito, apenas que ataca durante as noites, tem força incrível e hábitos alimentares peculiares.

Em sua folclórica dicotomia revela-se: metade homem, metade macaco. A criatura, quando com fome ataca com sua vitima, bicho ou homem, espanca e fere sem piedade até conseguir arrancar seu alimento favorito, a mais fina e escorregadia das iguarias: uma língua suculenta.

Ele é o Arranca-Línguas. 


** 

Nenhum comentário:

Postar um comentário